Pictaps

Criado por Masayuki Kido, Pictaps permite usuário a desenhar um personagem e vê-lo dançar em 3D. Crie o seu próprio ou veja a galeria.

Este abaixo é o meu, confiram.

pictaps.jpg

Anúncios

Adam Phillips

English source: Lines And Colors

Quando os soberanos da Disney decidiram “aposentar” uma herança de cem anos em animação 2D para focar em CG3D, criando um êxodo homérico de animadores das bases ao redor do mundo, Adam Phillips terminou sua posição administrando o Depto de Efeitos em Sidney em seus próprios termos.

Seu foco desde então tem sido seus próprios curtas, em Flash, hoje publicados na internet. Seu curta “Hitchhiker” ganhou o Flash Forward Film Festival em 2003, seguido então pela série Brackenwood, que é realmente sensacional. Um dos primeiros desta série, Prowlies at the River, fez com que membros da comunidade ficassem mais atentos, e elevou consideravelmente os padrões na animação em Flash. Eu mencionei Adam Phillips previamente no Blah!, blog da Ginga, pelo projeto 30 days : 30 shorts.

A série Brackenwood foca em Bitey, um personagem meio fauno que atormenta incessantemente outras criaturas, por vezes recebendo o troco. Nas mãos de Phillips, os personagens míticos se movem e atuam como o fariam caso existissem de verdade.

 

Seu timing é excelente, e sua habilidade na narrativa faz com que a história flua visualmente (a série Brackenwood não tem fala, pelo menos não numa língua conhecida), e a composição em quadro, cor, iluminação e atmosfera, mais a habilidade de sugerir o complexo com o simples, faz com que você mergulhe em seu mundo maravilhoso. Veja as soluções para sombras e efeitos de água no mais recente Little Foot (foto acima). É simplesmente deslumbrante.

Phillips usa o Flash como carro-chefe, mas ocasionalmente usa Swift 3D, uma aplicação de 3D em vetor complementar, para alguns movimentos de câmera, certas modelagens e animações menores. O que realmente o diferencia como animador é seu grande conhecimento dos limites e pontos fortes da animação vetorial, conseguindo atingir uma qualidade de estúdio, fazendo seu trabalho realmente brilhar.